terça-feira, 19 de abril de 2016

Livro: Mundo sem fim

Olá!!

Esse livro foi repartido em 2 volumes e ganhei de presente de natal (obrigada!!). Acertou em cheio no autor e, de quebra, eu gostei muito da história.

O estilo do Ken Follet nesse livro segue a trilogia o século: o inicio da história mostra como os personagens que dominaram a trama se conheceram. Eu acho muito interessante essa escolha que ele faz - todos os personagens principais se conhecem e tem um vínculo, que não é importante para a trama em si, mas uma ótima forma de apresentar os personagens enfatizando as diferenças de personalidade e contextualizando a participação delas na sociedade em que vivem.

Pode parecer simples mas esse tipo de apresentação faz toda a diferença para o leitor. Logo no primeiro capitulo você já criou algum vinculo com o personagem pq você já sabe como ele age e que lugar ocupa. Desde logo eu já estava "torcendo" pelo sucesso de Merthin e querendo que rolasse um romance dele com a Caris.

Mais uma vez o pano de fundo é baseado em uma história real = a vida durante o século XIV na Inglaterra. O domínio da igreja, o poder insurgente das guildas mercantis, reis e nobres babacas e, logico, a peste negra.

Eu adoro esse tipo de construção fictícia misturada com informações verdadeiras. Além de ser um show de história, é muito interessante imaginar como as pessoas viviam nessa época, suas dificuldades e tudo mais.

Uma pauta frequente é o tratamento submissivo imposto as mulheres. Para que uma mulher pudesse exercer sua inteligencia dependia de fazê-lo por trás de um homem.. deve ter sido muito frustrante! A abordagem ficou muito legal.

Recomendadíssimo o livro!

Até!

Nenhum comentário:

Postar um comentário