quinta-feira, 14 de abril de 2016

Eurotrip: Berlin (parte 1)

Olá!


Mais 5 dias de Eurotrip e dá-lhe aventuras num lugar que você não é fluente na língua (e mal sabe falar algumas palavras ^^''
Eu cheguei na noite do dia 10 e já na estação providenciei a compra do meu Berlin Welcome Card que dá direito a 3 dias de transporte público ilimitado e 3 dias seguidos de desconto em algumas atrações turísticas e entrada livre nos museus da ilha de museus \o/ O meu cronograma em Berlin foi montado visando aproveitar ao máximo os descontos proporcionados no cartão e ao mesmo tempo conciliar o transporte ilimitado.O valor do ticket que eu comprei foi 40,50 euros, Para informações, acesse o site.

Hospedagem: como já disse em outro post, eu me hospedei em Berlin no Plus Hotel e esse foi o melhor hostel que eu fiquei. Melhor custo benefício!

Dia 1 - Dia de Museu e Pontos turísticos famosos

Acordei cedo e fui tomar café da manhã no hotel mesmo para conhecer. As 9:30, horário de abertura do Museu de História Natural (Museum fur Naturkunde) eu cheguei no local. A bilheteria é do lado de fora e com a apresentação do ticket do welcome card berlin eu paguei o ingresso no valor de 3,50 euros.

Eu adorei essa visita porque, de cara, você já encontra a ossada de um monte de dinossauros. Tem diversas telas interativas para você saber mais sobre cada dinossauro e tem tipo um binóculo em um canto da sala que ao direcioná-lo para cada ossada presente no salão aparece um vídeo do dinossauro como seria se vivo. Muito interessante e recomendadíssimo para crianças.
Fiquei 2 horas nesse museu e parti, Peguei um metrô para ir pro Reichstag, cuja visita estava marcada para as 13h.




No caminho, passei por um dos cartões postais de Berlin: o Portão de Brandemburgo. Na verdade a área toda é bem interessante e fiquei impressionada com o tamanho e beleza da construção. Após algumas fotos e um cappuccino andei mais uns 5 minutos até o Reichstag.





A entrada é de graça e dá um show de beleza e história (ouvi todo o audioguide praticamente e li todas as plaquinhas na subida xD mas vai do interesse de cada um).
Acesse o site com antecedência e imprima o email comprovando que realizou a reserva e esta foi confirmada pois na hora que eu compareci por alguma razão meu nome não estava na lista e foi o email impresso que convenceu o responsável na entrada a me deixar entrar.
Fiquei aproximadamente 1h e pouco no prédio mas quem não se interessar em ler e ouvir todo o audioguide faria a visita em 20 minutos.


Dali eu fui para o Museu da Tecnologia. Cheguei quase 15h lá e isso foi um pecado grave, já que o museu fechava as 17h. Esse museu não tem jeito: você vai ficar lá pelo menos umas 4h para ver tudo porque é muito grande mesmo e qualquer pessoa minimamente ligada a tecnologia vai se interessar por quase tudo que foi desenvolvido nos últimos 200 anos está exposto organizadamente lá.
O valor do ingresso foi 4 euros, tarifa reduzida em razão do welcome card berlin, e paguei 2,50 pelo audioguide.


Eu sei que o dia tá eterno mas eu não parei por aí. Eram 17h e a Topografia do Terror estava aberta e esta era uma das atrações que eu estava querendo muito ir pois foi recomendadíssima por todo mundo que conheci na viagem e já havia ido a Berlim.
A entrada para a Topografia do Terror é gratuita e funciona até as 20h da noite, o que é ótimo para aqueles que não querem que o dia acabe. A exposição é basicamente fotográfica e escrita contando a história do nazismo na Alemanha.


Dia 2 - Dia de Museu e outros pontos turísticos 

 O Neue Museu esta localizado na ilha de museus e seu acervo é focado em objetos utilizados na antiguidade, principalmente Egito. Eu estava muito animada para ir nesse museu porque é onde encontra-se o busto de Nefertiti - e eu sempre gostei muito dessa obra tão antiga! O audioguide é de graça e recomendo fortemente para que a visita não fique vazia de conhecimento. Fiquei 2h.

Após o rápido descanso, a ideia era entrar no Berlin Dom para conhecer a igreja e o domo, contudo nesse dia alguma coisa estava acontecendo que eu não pude entrar. Então fui direto dali para o Museu da História Alemã que fica ali pertinho.

A entrada do museu era reduzida em razão do Belin Welcome Card e saiu por 6 euros. O audioguide custou 3 euros e foi essencial para eu não morrer de tédio.
Eu fiquei 3h.



Próximo ao Berlin Dom esta localizado o Museu da DDR, que se propõe a apresentar a forma de vida adotada no lado oriental da Alemanha durante o domínio da URSS.
A entrada do museu foi 5,25 (reduzida em razão do Welcome Card Berlin) e é um tipo de exposição diferente, já que você pode tocar nas coisas, entra
A visita foi rápida: 45 minutos foi o suficiente para que eu visse e cutucasse tudo que eu queria.

A noite estava fria e a caminhada até a Alexanderplatz foi muito bem vinda. Meu foco agora era a Torre de Tv (Berliner Fernsehturm), outro ponto turístico importante de Berlin.


O ingresso custou 9,70 e tive que aguardar 1h e 30 para subir. No meio tempo dei uma volta na Alexanderplatz, tomei um capuccino, vi o ring de patinação no gelo em frente a Fonte de Netuno, etc.

Lá em cima a visão é incrível. A torre é realmente muito alta e a cidade fica linda com as luzes da noite e as luzes de natal.





Bom, confira os outros dias de exploração em Berlim na parte 2. 

Até!

Nenhum comentário:

Postar um comentário